Faq – Questões frequentes - Moruzzi Numismática – Moedas e notas em Roma

pesquisar o site
Ir para o conteúdo

Menu principal:

Faq – Questões frequentes

Saiba mais

Quais são as liras italianas republicanas com interesse numismático?

As moedas raras emitidas na Itália desde 1946 são a lira, a moeda de duas liras,  de cinco e de dez liras cunhadas em 1946 e 1947,  a moeda de 2 liras de 1958 e a moeda de 5 liras de 1956. Quanto ao valor, é de suma importância que as moedas tenham um bom estado de conservação: de facto, arranhões, golpes, desgastes e concreções de metal afectam significativamente o seu valor. Indicamos aqui também a moeda de 100 liras  de 1955 e a moeda de 50 liras de 1958; nestes casos é importante que as moedas tenham um perfeito estado de conservação: caso contrário, elas perdem o seu valor de forma significativa.

É rara a moeda de cinquenta liras de 1958?

Consideram-se de modesta raridade as moedas de cinquenta liras datadas 1958 e, apesar da tiragem de 825.000 exemplares, não são prontamente disponíveis. Há um interesse numismático por esta moeda para todos os graus de conservação; o valor varia de 20 a 2000 euros para os exemplares unicamente flor de cunho!

É rara a moeda de cem liras de 1955?

As moeda s de cem liras datadas 1955 não são consideradas raras: de facto, a tiragem de 8 milhões e 600 mil exemplares torna a emissão comum. O interesse numismático por esta moeda vale só para os exemplares com estado de conservação flor de cunho, difíceis a encontrar. Nestes casos, o valor comercial pode chegar a cifras em torno de 1200 euros.

Quanto vale a moeda de dez liras de 1954?

A moeda de dez liras datada 1954 é uma moeda cunhada em 95.250.000 exemplares. O interesse por esta moeda vale só para os exemplares com estado de conservação flor de cunho e o seu valor é cerca de 70 euros.

Quanto vale a moeda de cinco liras de 1956?

A tiragem limitada da moeda de cinco liras de 1956 (apenas 400 mil exemplares) tornou essas emissões discretamente raras. Estas pequenas moedas valem 50 euros, mesmo com um estado de conservação não excepcional; o valor em estado flor de cunho é pelo contrário considerável, cerca de 1500 euros!

Qual é o valor da moeda de 500 liras "caravelle" e das outras 500 liras de prata?

As moedas de 500 liras em prata da República Italiana são geralmente muito comuns e o seu valor, se circularam também por um curto período, é de cerca de 2 euros. Se quiser ver o valor dos exemplares flor de cunho visite a nossa loja. Se quiser vendê-las contacte-nos.
Entre estas a única moeda rara é a "Caravelle" com as "bandeiras reviradas" que se pode reconhecer graças à inscrição "PROVA" (impressa no reverso, onde as bandeiras se movem na direção oposta do vento) e ao ano de emissão, 1957, que é claramente visível na borda da moeda.

É verdade que a moeda de 200 liras de 1977 é uma moeda de grande valor numismático?

Em 1977 foi cunhada pela primeira vez a moeda de 200 Liras de tipo "trabalho". Os primeiros exemplares, cunhados neste ano e marcados pela palavra PROVA no reverso, são raros. Os outros, com a mesma data, cunhados em 15.900.000 unidades, não têm nenhum valor. Portanto o alto valor numismático da moeda de 200 liras-1977 é apenas uma lenda urbana. Por muitos anos nas ofertas dos jornais de anúncios económicos havia inserções que vendiam estas moedas por altos custos; isso contribuiu a consolidar na opinião comum a ideia de que esta moeda fosse uma peça rara.

Gostaria de conhecer o valor da moeda de 1000 Liras bimetálica com as fronteiras da Alemanha erradas.

Trata-se duma moeda muito comum, cunhada em cem milhões de exemplares e nunca retirada da circulação, que não tem nenhum valor numismático. A primeira emissão desta moeda mostrava no reverso um mapa errado da Europa: resultavam erradas as fronteiras da Holanda, Dinamarca e do Luxemburgo; além disso, faltava a ex-República Democratica Alemã. Numa versão posterior, a Alemanha resulta reunificada e as fronteiras dos Países Baixos e do Luxemburgo são correctos, mas a posição da Dinamarca ainda não é correcta. Neste caso, a casa da moeda de Roma não fez boa figura.

Encontrei uma moeda euro datada antes de 2002. Como isto é possível?

Todos os países europeus que aderiram à moeda única cunharam as moedas com valor de 1 céntimo a 2 euros desde 1999 até 2001; depois, estas moedas foram distribuídas a partir do dia 15 de Dezembro de 2001 e tiveram curso legal a partir do dia 1 de Janeiro de 2002. Quanto à data que aparece nas moedas, os vários países europeus escolheram em absoluta liberdade. Enquanto Itália, Alemanha, Portugal e Luxemburgo cunharam moedas a partir do ano 2002, os outros países optaram por colocar nas suas emissões a data real de cunhagem. Portanto, é absolutamente normal encontrar moedas francesas, espanholas, finlandesas ou belgas com os anos 1999, 2000 e 2001.

Tenho moedas euro que diferem daquelas comummente circulantes. Qual é o seu valor?

Com a introdução do euro apareceram muitas moedas que são diferentes por aspecto, metal e outras características, em relação àquelas comummente em circulação. À primeira vista, poderiam ser falsos que circulam abundantemente na Eurolândia, mas também moedas com defeitos ou variantes efectivamente cunhadas pelas casas da moeda.
Quanto às moedas cunhadas em Itália, na casa da moeda de Roma, a sua circulação não é autorizada e a emissão pela Casa da Moeda pode ser ilegal: portanto, estes exemplares não são coleccionáveis. Trata-se em qualquer caso de curiosidades e não têm nenhum valor numismático. Entre estas a mais conhecida é a chamada "Mole Antonelliana" que, embora tenha o tamanho da moeda de 2 céntimos e a imagem da Mole Antonelliana, presenta no outro lado o valor de 1 céntimo. Consulte "Stato e Collezionismo, indagine sulla numismatica - Domenico Luppino, 2009, Eupremio Montenegro Editor".

É verdade que existem notas de 50.000 liras que têm um alto valor numismático?

Um valor numismático considerável é atribuído à moeda de 50.000 Bernini de primeiro tipo com série e letras XE ou E como segunda letra do número de série; trata-se do tipo que tinha sido posto fora de circulação já desde 1996, com a data do decreto ministerial 06.02.1984, que antecede de dois meses a nova nota. As diferenças substanciais entre o primeiro e o segundo tipo "Bernini" reside nas escolhas cromáticas dos bilhetes. O primeiro tem os valores numéricos no tom de vermelho-púrpura ao azul, o segundo tem o valor do anverso em verde e aquele do reverso em bordeaux.

Tenho algumas moedas e gostaria de conhecer o valor

É possível dirigir-se a peritos numismáticos que podem fornecer adequadas peritagens e certificações das moedas com valor numismático.

Tenho uma colecção numismática para vender. Quem deveria contactar?

Leia a nossa página como vender. Pode entrar em contacto com os nossos especialistas por telefone ou por escrito; se quiser nos fazer visita, verifique onde estamos.

Il noto denario del cesaricida Bruto con la scritta EID MAR (Idi di Marzo)

Qual é a moeda mais conhecida?

Há muitas moedas evocativas, mas entre estas podemos citar sem dúvida o denário de Brutus, assassino de César, que representa no anverso o retrato do mesmo Brutus e no reverso o píleo (chapéu símbolo da liberdade) entre dois punhais com a legenda EID MAR para lembrar o assassinato de Júlio César, que ocorreu no dia dos Idos de Março do ano de 44 a.C. A mensagem permaneceu viva nos séculos até a idade moderna, quando o chapéu dos Dióscuros será adoptado como símbolo de liberdade durante o Revolução Francesa.

Quem foram os principais autores de moedas?

Primeiro deveríamos dar um passo para trás pelo menos de 2.500 anos para mencionar o trabalho de alguns gravadores gregos extraordinários como Címon, Eukleidas e Eveneto que, activos em Siracusa no fim do século V a.C., assinaram com o próprio nome as famosas decadracmas e tetradracmas de prata.
Na época moderna, entretanto, artistas bem conhecidos do Renascimento e post- Renascimento sobretudo italiano, realizaram desenhos e modelos de moedas e medalhas de elevado valor artístico: entre eles destacam Antonio Pisano, chamado Pisanello  (que realizou os modelos de medalhas-retrato representando personagens do seu tempo), Benvenuto Cellini (gravador de cunhos de moedas papais e da casa de Medici) e Leone Leoni (que trabalhou como gravador quer para a Casa da Moeda Pontifícia, quer para a casa da moeda de Milão). Em tempos mais recentes, outro italiano, Bento Pistrucci, foi o criador do espectacular cunho do reverso com São Jorge matando o dragão, que caracteriza a libra de ouro inglesa e outras moedas há mais de 150 anos.

Onde e em que século foram cunhadas as primeiras moedas?

Depois de um longo período de tempo, quando a economia era baseada unicamente no escambo (troca de produtos naturais, trabalhados ou gado) e, em seguida, na troca de metais sobretudo preciosos, surgiu a necessidade prática de criar a moeda como meio de pagamento. Foi assim que no início do século VI a.C., os gregos da Jônia na Ásia começaram a cunhar as primeiras moedas usando o electrum, uma liga natural de ouro e prata amplamente disponível nas regiões da Ásia Menor.

São necessários recursos financeiros substanciais para ser um coleccionador?

Nem sempre. Obviamente, depende do tipo de colecção que deseja realizar. É possível realizar uma colecção de moedas tendo em conta diferentes critérios de selecção, mas a escolha é um assunto absolutamente pessoal. Se o preço duma colecção de moedas aumenta conforme definidos parâmetros como raridade, grande estilo, elevado estado de conservação, pátina bonita etc., é mesmo verdade que é possível comprar poe exemplo moedas antigas (gregas ou romanas) com um aspecto muito agradável, gastando cifras realmente contidas (até poucos euros). Sem fazer excessivos sacrifícios económicos, será portanto possível satisfazer o próprio desejo de possuir uma pequena parte do nosso passado.

Qual é o peso da maior moeda europeia que realmente circulou?

Na época moderna, tendo como ponto de referência o âmbito geográfico europeu, entre as moedas que realmente circularam devemos mencionar uma moeda cujo peso excede os 350 gramas. Trata-se duma moeda de ouro, um múltiplo de 105 sequins, emitida pela Casa da Moeda de Veneza dirigida pelo Doge Ludovico Manin (1789-1797), em que aparece a tradicional iconografia do Doge de joelhos perante São Marco e Jesus abençoante dentro duma auréola de estrelas. Mudando continente, devemos também lembrar moedas realmente especiais, não só pelo peso considerável, mas também e sobretudo pela forma absolutamente incomum. Estamos a falar de exemplares de bronze e prata em forma de espada, de sacho e de estrela que circularam na China até os anos trinta do século passado.

Qual é a menor moeda realizada?

No mundo grego antigo existiam moedas muito pequenas com um peso que vai de alguns décimos até alguns centésimos de grama. Um exemplo a citar entre muitos? A série de moedas de prata (hemilitras) cunhadas entre o final do século VI e a primeira metade do século V a.C. pela Casa da Moeda de Taranto, com desenhos de inspiração marinha (concha/cabeça de ninfa). Ou ainda, um exemplar em prata de denominação incerta cunhado na Sicília pela Casa da Moeda de Messana, onde está representada a cabeça dum carneiro junto com o monograma da cidade, hoje conservado no Danish National Museum em Copenhagen, na Dinamarca: o seu peso é de apenas  0,06 gramas!

Lo statere in oro di  Pantikapaion

Qual è la moneta antica più costosa?


Fino al 2011, fra le monete antiche la più costosa era un sesterzio di Adriano ritenuto a buon diritto tra le più belle monete romane mai coniate. Il 4 gennaio 2012 si è tenuta a New York l'importante vendita all'asta della collezione Prospero curata dalla New York Sale. Un famoso architetto inglese aveva raccolto queste monete greche e tra queste, tutte bellissime, anche una moneta della zona del mar Nero, uno statere in oro di  Pantikapaion coniato tra il 350 ed il 300 avanti Cristo. La rara moneta che raffigura al dritto la testa di un satiro barbuto con lunghi capelli e orecchie di cavallo, è di uno stile fantastico ed è una delle più ammirate monete del mondo greco antico, un vero capolavoro.Proveniva da una asta svizzera della Bank Leu SA di Zurigo del 1991. La colonia greca di Pantikapaion, dove venne coniata da moneta, fu fondata nel VII secolo aC dai Milesi e, nel quarto secolo, la città aveva accumulato una considerevole ricchezza attraverso le sue esportazioni di grano. Non è casuale che sul rovescio insieme ad un grifone è raffigurata una spiga di grano, simbolo dell'importanza e del benessere della polis. L'esemplare che era stimato 650.000 dollari al termine dell'asta ne ha realizzato ben dollari 3.250.000 a cui vanno aggiunti i diritti d'asta pagati pari al 15% per un totale in euro di 2.900.000 euro.

Qual é a moeda antiga mais cara?

Até recentemente, entre as moedas antigas a mais cara era considerada o múltiplo de ouro de Constantino o Grande. Conhecida num único exemplar proveniente do famoso tesouro de Arras (descoberto em 1920 na mesma localidade na fronteira entre a Bélgica e a França), esta moeda foi comprada em 2002 por um privado durante o leilão da Numismatica Ars Classica n.24 pela considerável soma de 800 000 francos suíços (aproximadamente 550.000 euros), passando então a fazer parte de muitas das mais importantes colecções de numismática. Hoje, o múltiplo de Constantino I deu a primazia a um sestércio de Adriano justamente considerado uma das moedas romanas mais bonitas que foram cunhadas. Foi vendido durante o leilão da Numismatica Genevensis em Dezembro de 2008 pela cifra extraordinária de dois milhões e 300 mil francos suíços (aproximadamente 1.500.000 euros!!): provavelmente foi comprado por um coleccionador suíço.

Qual é a moeda com maior valor em absoluto?

É uma moeda moderna muito rara realizada pelos Estados Unidos da América. Trata-se dum exemplar de prata com valor de 1 dólar cunhado em 1794 e vendido em Junho de 2010 durante uma negociação privada nos Estados Unidos por $ 7.850.000, aproximadamente 6.488.000 euros. Na verdade, se as avaliações feitas fossem em Euros, a moeda mais cara seria um exemplar, este também estadunidense, de 20 dólares em ouro cunhado em 1933. Em Julho de 2002, em Nova York foi vendido pela Sotheby's ganhando 7.600.000 dólares, comissões da casa de leilões incluídas (que na época correspondiam a 7.500.000 euros).

A venda de moedas falsas é um fenómeno generalizado?

Infelizmente sim. O mecanismo de venda de moedas falsas de colecção prevê, como para todas as burlas, que entre o burlado e o burlador se estabeleça uma cumplicidade tácita. Por exemplo, se o burlado quiser comprar uma nota "falsa" por um décimo do seu valor, é tão culpado quanto o burlador. A lei da antiga polis de Esparta punia da mesma maneira quer o burlado quer o burlador. Tenha cuidado, porque existem também impostores espertos que vendem moedas falsas por preços reais mas fazendo pequenos descontos.

As moedas que se podem comprar em lojas ou casas de leilão têm garantia de autenticidade?

A Moruzzi Numismática garante todos os exemplares para a venda, sem limites de tempo; fazem assim também os outros profissionais sérios e as casas de leilão.

Mas as moedas antigas para venda na loja são reproduções?

Absolutamente não, cada moeda foi estudada e analisada e leva a garantia de autenticidade sem limites de tempo. Veja a página Garantia Moruzzi.

Mas as moedas antigas não deveriam estar só nos museus?

LA circulação e o comércio das moedas antigas é legal e permitido dentro dos limites previstos pela lei. Para saber mais acerca deste assunto veja a página "Coleccionar moedas antigas na Itália".

De quem é a cabeça de bronze da vossa gráfica?

LA espectacular cabeça de bronze, obra romana do século IV d.C., pertence a uma estátua colossal do imperador Constantino, o Grande, da qual existem apenas dois elementos (uma mão e o globo, símbolo do poder). Proveniente do Palácio Laterano, foi doada em 1471 pelo Papa Sisto IV aos Romanos, junto com outras estátuas de bronze que formaram o primeiro núcleo da colecção do Museu Capitolino. Hoje ainda é possível admirá-la no mesmo Museu, localizada dentro da êxedra construída para abrigar a famosa estátua equestre de Marco Aurélio.

Qualquer expressão de cada indivíduo é diferente e pessoal, de acordo com a lógica do seu pensamento. Uma grande quantidade de produções intelectuais, especialmente na Internet, são gratuitamente disponibilizadas a todos. No entanto, não se deve esquecer que há obrigações morais e legais em respeitar a autoria das criações que não se podem reproduzir sem o consentimento de quem as realizou. Copyright Moruzzi Numismática © 1999-2016

 
© Copyright Moruzzi Numismatica 1999/2016 - All rights reserved P.IVA IT 01614081006
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal